7 Dicas para escolher sua lembrancinha (Editado)

Uma festa de casamento não teria sentido sem os convidados. Pois não adianta ter uma decoração linda, comidas, bebidas, doces e música sem amigos e família para comemorar junto. Então se tornou um costume dar um mimo para seus convidados agradecendo a sua presença em um dos dias mais importantes da seu vida. Mas é bom tomar alguns cuidados para que sua lembrancinha não seja esquecida na mesa ou jogada fora no dia seguinte.

Encontrei um post legal sobre lembrancinhas no blog Emmaline Bride e achei legal  trazer para vocês, com algumas adaptações para a realidade e costumes brasileiros. Aqui o assunto foi direcionado para casamentos, mas pode servir de guia para qualquer tipo de evento! Esse post é original de 2012! Já se passaram 2 anos e eu resolvi dar uma atualizada!

#1 A lembrancinha que vai para o lixo

Algumas lembrancinhas podem ser caras quando a lista de convidados é grande. No entanto se você cair na tentação de comprar algo muito barato só para ter “alguma coisa” que os convidados nunca vão usar, guardar ou lembrar se torna dinheiro jogado fora. Uma opção para quem não quer gastar muito é entregar uma comida (cupcake, bem casado, brownie, cakepop, cookie, bolcachas decoradas, amêndoas, maça do amor, beneditos…) em uma embalagem personalizada e fofa. Além de útil se torna  inesquecível se for embalada com carinho e bom gosto (o bendito  do bom gosto tem que estar em todas heim pessoal!)

Outra lembrancinha que quase ninguém guarda é porta retrato, imã de geladeira, copo, bolsinha… ou qualquer coisa que tenha: noivinhos de palito desenhados, a caricatura dos noivos ou a foto do aniversariante. Essa é uma lembrança legal somente para os pais, avós, padrinhos e os próprios noivos. O restante dos convidados não tem interesse nenhum em colocar um porta retrato com o filho dos outros pra decorar a sua casa. Sempre digo aqui: lembrancinha com cara de brinde de campanha política vai para o lixo. As pessoas guardam e usam coisas que são legais, tem uma estampa legal aplicada ou são muito úteis.

#2 Falta de significado

Até a lembrancinha mais simples pode ter significado, que pode ser usada para contar  aos convidados alguma coisa sobre a história dos noivos. Por exemplo, se vocês se conheceram em um café a lembrancinha pode ser um sachê com cheirinho de café. Ou se aproximaram porque os dois adoram andar de bicicleta, pode ser uma campainha de bicicleta. Essa questão dos significados introduzidos no casamento que eu sempre enfatizo aqui no blog. Pode ser usado nos convites, na decoração, no tipo de comida e bebida, etc. Isso que aproxima o evento a seus convidados e os fazem sentir parte da sua história, viver um pouco da história do casal.

A minha lembrancinha, por exemplo, foi o um vidrinho com molho de pimenta que a bisavó fazia. Quem fez foi a minha vó! Resolvi que essa seria a lembrança pois sempre que ela faz o tal molho, todo mundo pede um vidro pra levar pra casa. Valorizei a embalagem com adesivo, tag e paninho na tampa, pra deixar bem com carinha de “compota da vovó”. Ficou uma graça! (ficou curiosa(o) por mais detalhes do meu casamento? Clique aqui e confira!)

lembrança

#3 Embalagem pobre

Assim como a lembrancinha mais simples pode ser inesquecível com a embalagem certa, a melhor e mais cara pode perder todo seu brilho em uma embalagem pobre. Isso é design puro, gente! Quantos produtos ótimos são deixados de lado no mercado por terem uma marca ou embalagem que não transmitem a sua qualidade? Infelizmente nós julgamos tudo pela aparência. Há quem diga que não, mas percebam: até para comprar batata ou maçãs a gente escolhe as mais bonitas. Por que? Porque é instintivo! Sabemos que as mais bonitas são as mais gostosas e maduras. E com produtos é a mesma coisa. Então se sua lembrancinha for algo simples, personalize a embalagem com uma tag que torne tudo mais pessoal, uma fita fofa para combinar ou até uma frase significativa que toque o coração do seu convidado.

#4 Lembrancinhas artesanais

Muita gente gosta e tem jeito para fazer artesanato. E com milhões de ideias legais pela internet, pensa: “Nossa que fácil de fazer! Vou fazer para meu casamento!”. É fácil fazer UM. E fazer 300? Como vai ser? Alguém vai ajudar? Lembrancinhas artesanais são super fofas e demonstram carinho pelos convidados, MASSSSSSSS cuidado para não ficar louca antes do casamento produzindo lembrancinhas. Escolha algo que seja simples de fazer, com materiais fácies de encontrar e com bastante antecedência para que você possa se programar e fazer um pouco por dia até  casamento. E tenha um plano B!

Lembrancinha Santa Suculenta para casamento Isa e Guima, tag Emotion. Foto Luciano Meirelles Photography

Lembrancinha Santa Suculenta para casamento Isa e Guima, tag Emotion. Foto Luciano Meirelles Photography

#5 A lembrancinhas confusa

Não faça os convidados adivinharem o que é a lembrancinha ou ficarem confusos se aquilo realmente é a lembrancinha. Se for algo de comer que fuja o tradicional é legal ter na etiqueta o que é, por exemplo, tem gente alérgica a amendoim, então indique que tem amendoim. As vezes surge a dúvida se é lembrancinha ou sobremesa, então indique que é para levar. Simplifique a vida dos convidados, afinal vai ter tanta coisa acontecendo que é fácil alguém esquecer a sua lembrancinha.

#6 Número de lembrancinhas

Quando pergunto o número de lembrancinhas para as noivas elas nunca sabem ao certo como fazer. Quando se trata de lembrancinhas comestíveis, com certeza algumas tias vão levar alguns a mais na bolsa. Essa situação está ficando até um pouco chata, pois muitas noivas tem colocado um “segurança” na mesa das lembrancinhas: uma moça que gentilmente fala: “é um por pessoa”. Entendo que tem gente folgada que acha que tem que levar pra família, mas isso acaba constrangendo o convidado. Uma solução é colocar a lembrancinha na frente do prato. Isso indica, numa mensagem subliminar, que é um por pessoa. Mas caso você não queira nenhuma dessas situação, é bom fazer um pouco a mais. Não vai mudar absurdamente o valor final do seu casamento e é uma preocupação a menos.

#7 Usar e levar

Uma opção legal de lembrancinha é algo que o convidado possa usar no evento e levar para casa. No caso de um casamento de dia pode ser uma sombrinha para usar durante a cerimonia, um leque caso esteja calor ou uma manta caso esteja friozinho. Aqui estamos acostumados com os tradicionais chinelinhos. Mas é importante deixar claro que é para levar, senão você terá 200 sombrinhas em casa!

Rasteirinhas by Diva Rasteirinhas

Rasteirinhas by Diva Rasteirinhas

 Via Pinterest

Lembrancinhas personalizadas Curitiba, o que dar de lembrancinha casamento,  o que dar de lembrancinha bodas,  o que dar de lembrancinha aniversário de criança,  o que dar de lembrancinha 15 anos, embalagens para lembrancinhas Curitiba, dicas para escolher lembrancinha de casamento, dica para casamento

 

1 Comment

  1. Anderson ferreira
    13/12/2015

    Muito bom seu post…. Ótima ideia de personalização….

    Reply

Leave a Reply